vazio voraz

26.8.06

Luciano Freaza

Em “Arapuca”, Freaza apresenta uma instalação que ridiculariza um dos ícones do consumo chamando-o de armadilha. Através do humor, o artista busca refletir sobre as motivações dos hábitos de consumo propostos pela publicidade, a qual reconhece em nosso vazio um ponto vulnerável. Ela nos oferece uma falsa necessidade de nos preenchermos com o consumo inútil sob o rótulo da plenitude. O trabalho consiste em uma instalação composta por um carrinho de supermercado e um pedaço de madeira com forquilha.

Luciano Freaza é formado em Administração de Empresas pela UNIFACS e em Design para Publicidade pela Academy of Art University na Califórnia. Possui especialização em Criação de Comerciais para Televisão pela mesma instituição. Atualmente trabalha como designer e cursa a Oficina de Processos Contemporâneos ministrada pelo professor Caetano Dias no MAM-BA (Museu de Arte Moderna da Bahia).

[ luciano_freaza@hotmail.com ]

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para esse post:

Criar um link

<< Home